Tuesday, October 31, 2006

Depois da posse

Diálogo com um eleitor lulista, no final de janeiro ou começo de fevereiro de 2007:

- A política econômica é a mesma,
essa eu não engulo!
- Entendo, amigo - eu respondo -
mas veja: eu votei nulo.

- Jader Barbalho ministro da justiça,
agora eu fiquei fulo!
- Entendo, amigo - eu respondo -
mas veja: eu votei nulo.

- Congelaram os salários,
vou me esconder em algum casulo.
- Entendo, amigo - eu respondo -
mas veja: eu votei nulo.

- Concessão pro agronegócio,
esse governo é muito chulo.
- Entendo, amigo - eu respondo -
mas veja: eu votei nulo.

- Delfim Netto na agricultura,
tão achando que sou um mulo?
- Entendo, amigo - eu respondo -
mas veja: eu votei nulo.

- Um escândalo por dia,
de raiva e espanto eu ululo.
- Entendo, amigo - eu respondo -
mas veja: eu votei nulo.

- O poder nunca me escuta
se eu falo ou gesticulo.
- Entendo, amigo - eu respondo -
mas veja: eu votei nulo.

- Na minha mente só pragas
e arrependimentos eu formulo.
- Entendo, amigo - eu respondo -
mas veja: eu votei nulo.

- Que lástima: às forças do atraso
com meu voto eu me vinculo!
- Entendo, amigo - eu respondo -
mas veja: eu votei nulo.

- Deste governo para o PFL,
sem brincadeira, é um pulo.
- Entendo, amigo - eu respondo -
mas veja: eu votei nulo.

- A cada dia que passa
mais tristeza eu acumulo.
- Entendo, amigo - eu respondo -
mas veja: eu votei nulo.

3 Comments:

Anonymous :-x said...

poeta!
tou emocionada!

Thursday, November 02, 2006 4:22:00 AM  
Anonymous Renata said...

é muito talento para uma pessoa só!!!

Friday, November 03, 2006 5:37:00 AM  
Blogger Mythus said...

não parece missa,
nem parece música.
parece jogral.
nada mau.

Sunday, November 05, 2006 5:41:00 PM  

Post a Comment

<< Home